Entrada Destaque CDE: Rapid 1 de agosto

CDE: Rapid 1 de agosto

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

alt

COMUNICADO DE IMPRENSA

 

Lisboa, 1 de agosto de 2017

 

  • Comissão Europeia começa a avaliação das candidaturas dos Estados?Membros para acolher a Agência Europeia de Medicamentos e a Autoridade Bancária Europeia

O processo de candidatura para acolher as duas agências europeias atualmente localizadas no Reino Unido, a Agência Europeia de Medicamentos (EMA) e a Autoridade Bancária Europeia (EBA), terminou à meia-noite de ontem, 31 de julho de 2017. A Comissão Europeia irá agora avaliar todas as ofertas de forma objetiva com base nos critérios estabelecidos pelo Presidente Jean-Claude Juncker e o Presidente Donald Tusk e aprovados pelos Chefes de Estado ou de Governo dos 27 Estados-Membros da UE no Conselho Europeu (artigo 50.º) em 22 de junho de 2017. A avaliação da Comissão será publicada na Internet em 30 de setembro de 2017. Seguir-se-á um debate político no Conselho, com base nesta avaliação, no Conselho dos Assuntos Gerais (artigo 50.º), em outubro de 2017. A fim de permitir uma transferência atempada e harmoniosa das duas agências, será tomada uma decisão final no Conselho dos Assuntos Gerais (artigo 50.º) em novembro de 2017.

(Desenvolvimento em IP-17-2202)

 

  • Fundo de Auxílio Europeu às Pessoas mais Carenciadas apoiou 14 milhões de pessoas em 2015

Um relatório da Comissão Europeia revela resultados encorajadores relativamente ao Fundo de Auxílio Europeu às Pessoas mais Carenciadas no seu apoio direto e concreto aos mais carenciados, no sentido da sua saída da pobreza e da exclusão social. Mais especificamente, através da distribuição de 400 000 toneladas de alimentos em 2015, o Fundo prestou ajuda alimentar a mais de 14 milhões de pessoas na Europa nesse ano. Entre os beneficiários, contam-se principalmente crianças, idosos, pessoas sem-abrigo, pessoas com deficiência e migrantes. Cerca de metade das pessoas que receberam apoio do Fundo eram mulheres.

(Mais informações neste sítio Web)

 

  • PIB sobe 0,6 % na área do euro e na UE

O PIB subiu, em valores corrigidos de sazonalidade, 0,6 % na área do euro e na UE durante o segundo trimestre de 2017, em comparação com o trimestre anterior, segundo uma estimativa rápida preliminar publicada pelo Eurostat, o Serviço de Estatística da União Europeia. No primeiro trimestre de 2017, o PIB aumentou 0,5 % em ambas as zonas. Em termos homólogos, ou seja em comparação com o segundo trimestre de 2016, o PIB em valores corrigidos de sazonalidade aumentou 2,1 % na área do euro e 2,2 % na UE, após uma subida respetiva no trimestre anterior de 1,9 % e 2,1 %.

(Desenvolvimento em STAT-17-2242)

 

Para mais informações sobre assuntos europeus:

http://ec.europa.eu/portugal