Entrada

CDE: Rapid 16 de março

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

alt

COMUNICADO DE IMPRENSA

 

Lisboa, 16 de março de 2017

 

  • Garantir a segurança dos consumidores da UE — mercados em linha unem esforços para retirar produtos perigosos do mercado da UE

A Comissão Europeia apresentou hoje o seu mais recente relatório sobre o sistema de alerta rápido para produtos perigosos. Em 2016, o sistema foi utilizado de modo mais ativo pelas autoridades nacionais, que retiraram mais produtos perigosos das lojas. No entanto, cada vez mais produtos perigosos notificados no âmbito do sistema de alerta rápido são produtos vendidos por intermédio de plataformas em linha. É por essa razão que a Comissão reforçou a sua colaboração com a Amazon, o eBay e a Alibaba a fim de retirar de forma mais expedita os produtos potencialmente perigosos ou não conformes dos seus sítios Web que vendem a consumidores da UE.

(Desenvolvimento em IP-17-602 e em MEMO-17-630)

 

  • Anti-trust: Comissão introduz novo instrumento de denúncia anónima

A Comissão Europeia lançou, hoje, um novo instrumento destinado a tornar mais fácil aos cidadãos alertar, de forma anónima, a Comissão sobre cartéis secretos e outras infrações às regras no domínio anti-trust. Os cidadãos podem ajudar, agora de forma anónima, na luta contra os cartéis e outras práticas anticoncorrenciais. Estas práticas incluem combinar preços ou propostas em concursos públicos, mantendo produtos fora do mercado ou excluindo, de forma desleal, os seus concorrentes, e podem causar enormes prejuízos à economia da Europa. Podem recusar aos clientes acesso a uma escolha mais ampla de bens e serviços a preços razoáveis, inibem a inovação, e provocam o encerramento de empresas

(Desenvolvimento em IP-17-591)

 

  • Regime de apoio da UE ajuda a reduzir produção de leite

Quase 44 000 agricultores na UE aplicaram o apoio da União, concordando voluntariamente em reduzir a produção de leite em quase 852 000 toneladas no último trimestre de 2016. Este regime de redução da produção de leite da UE, lançado no verão passado e financiado com 150 milhões de euros, foi uma das principais medidas decididas pela Comissão Europeia para fazer face à situação de crise no setor, tendo contribuído para aumentar a tendência dos preços do leite na UE nos últimos meses e equilibrando, desta forma, os mercados.

(Desenvolvimento em IP-17-629)

 

  • Inflação anual sobe para 2,0 % na área do euro, 1,9 % na UE e 1,6 % em Portugal

A inflação anual da área do euro foi de 2,0 % em fevereiro de 2017, contra 1,8 % em janeiro. Em fevereiro de 2016, a inflação era de -0,2 %. Na União Europeia, a taxa anual de inflação foi de 1,9 % em fevereiro de 2017, contra 1,7 % em janeiro. Um ano antes, a taxa foi de -0,1 %. Em Portugal, a inflação anual foi, em fevereiro de 2017 de 1,6 %, contra 1,3 % em janeiro deste ano. Em fevereiro de 2016, a inflação anual em Portugal foi de 0,2 %. Estes dados provêm do Eurostat, o Serviço de Estatística da União Europeia.

(Desenvolvimento em STAT-17-642)

 

  • Estados-Membros registam 1,2 milhões de requerentes de asilo pela primeira vez em 2016

Em 2016, 1 204 300 requerentes de asilo pela primeira vez solicitaram proteção internacional nos Estados-Membros da União Europeia (UE), um número ligeiramente inferior ao registado em 2015 (ano em que foram registados 1 257 000 pedidos pela primeira vez), mas quase o dobro do número verificado em 2014 (562 700). As nacionalidades síria, afegã e iraquiana foram as que mais procuraram proteção internacional nos Estados-Membros da UE em 2016.

(Desenvolvimento em STAT-17-632)

 

Para mais informações sobre assuntos europeus:

http://ec.europa.eu/portugal