Entrada

Unidade de Biblioteca

Biblioteca: Livros / Library: Books

E-mail Print PDF
There are no translations available.

alt

TÍTULO: Orpheu e o modernismo português : livro do colóquio


COTA: 869.0.09 COL Orf

alt

TÍTULO: Os órfãos do Orpheu


COTA: 869.0.09 SAR Orf

 

alt

TÍTULO: Ferreira de Castro : 100 anos de vida literária : homenagem, ciclo de conferências


COTA: 869.0.09 Fer

 

alt

TÍTULO: Ferreira de Castro : 100 anos de vida literária : catálogo da exposição


COTA: 869.0.09 Fer

 

Biblioteca: Mestrados / Library: Master's Degree

E-mail Print PDF
There are no translations available.

alt

TÍTULO: Non-invasive, innovative and promising strategy for breast cancer diagnosis based on metabolomic profile of urine, cancer cell lines and tissue [Recurso eletrónico] / Catarina Grace Sousa Luís Silva


COTA: T/DDVD-R 577 SIL Non

alt

TÍTULO: Controlo de quadcopter [Recurso eletrónico] / Rui Miguel Freitas Martins


COTA: T/MDVD-R 62 MAR Con

 

rapid 30 de julho

E-mail Print PDF
There are no translations available.

alt

Comunicado de imprensa

Lisboa, 30 de julho de 2019.

Entram amanhã em vigor novas regras da UE para um comércio justo, equitativo e transparente nas plataformas em linha
As novas regras da UE para criar um ambiente justo, fiável e baseado na inovação para as empresas e os comerciantes que utilizam plataformas em linha — incluindo mercados em linha, sítios Web de reservas em linha, «app stores» e motores de pesquisa — entram amanhã em vigor. As empresas dispõem ainda de um ano para se prepararem, tornando-se as novas regras aplicáveis a partir de 12 de julho de 2020 em todos os Estados-Membros da UE. O
Regulamento relativo às relações entre as plataformas e as empresas garantirá que as empresas que oferecem bens e serviços na Europa (ou seja, um milhão de empresas) estejam mais informadas sobre as práticas em linha e funcionarão com base em regras claras e em mecanismos eficazes de resolução de litígios, proporcionando maior equidade e transparência nas interações entre as plataformas em linha e as empresas.
(Mais informações nesta ficha informativa e neste sítio Web)

Compromisso de Segurança dos Produtos: mercados em linha têm de fazer mais esforços
Um ano depois de terem assumido o compromisso de acelerar a retirada de produtos perigosos vendidos nos seus sítios Web, a AliExpress, a Amazon, o eBay e a Rakuten France apresentaram um relatório à Comissão Europeia que estabelece um balanço dos seus esforços. Uma quinta empresa, a C-Discount, anunciou hoje que subscrevia o mesmo Compromisso. O relatório mostra que os quatro mercados em linha utilizam regularmente o portal do sistema de alerta rápido para produtos perigosos da UE, o «EU Safety Gate», para retirar produtos não seguros dos seus sítios Web e que retiraram 87 % dos produtos comunicados pelas autoridades no prazo de dois dias úteis. O relatório está disponível na íntegra neste sítio Web.
(Mais informações sobre o Compromisso de Segurança dos Produtos)

 

Biblioteca: Livros / Library: Books

E-mail Print PDF
There are no translations available.

alt

TÍTULO: Migrant integration policy index III : Portugal : MIPLEX III


COTA: 314.7 Mig

alt

TÍTULO: Does migration shape our perceptions of europe?


COTA: 314.7 WOR Doe

 

alt

TÍTULO: Instituições e qualidade da democracia : cultura política na Europa do Sul


COTA: 32 Ins

 

alt

TÍTULO: Arte e feminismo em Portugal no contexto pós-revolução


COTA: 7.03"19"(469) OLI Art

 

rapid 29 de julho

E-mail Print PDF
There are no translations available.

alt

Comunicado de imprensa

Lisboa, 29 de julho de 2019.

Serviços financeiros: Comissão estabelece política de equivalência com países terceiros
A Comissão Europeia faz hoje um balanço da sua abordagem global à equivalência no domínio dos serviços financeiros. Nos últimos anos, a equivalência da UE tornou-se um instrumento importante, promovendo a integração dos mercados financeiros mundiais e a cooperação com as autoridades de países terceiros. A UE avalia o contexto geral das políticas e em que medida os regimes regulamentares de um determinado país terceiro atingem os mesmos resultados que as regras europeias.
(Desenvolvimento em IP-19-4309)

Centro Comum de Investigação da Comissão Europeia abre as portas de laboratórios de craveira mundial a investigadores
Os investigadores de toda a Europa terão agora à sua disposição ainda mais instalações de ponta do Centro Comum de Investigação: após uma primeira ronda da iniciativa de livre acesso, em que foram recebidas cerca de 100 propostas elegíveis provenientes de 92 instituições de investigação, outros laboratórios do serviço interno da ciência e do conhecimento da Comissão estão agora à disposição dos cientistas externos, que poderão também realizar experiências sobre soluções energéticas de emissões nulas e segurança nuclear. Graças a esta iniciativa, o Centro Comum de Investigação pretende incentivar a investigação científica e a competitividade, bem como reforçar a cooperação entre os investigadores europeus.
(Desenvolvimento em IP-19-4669)

Antitrust: Comissão consulta partes interessadas sobre orientações para tribunais nacionais no tratamento da divulgação de informações
A Comissão Europeia lança uma consulta sobre um projeto de comunicação para auxiliar os tribunais nacionais no tratamento dos pedidos de divulgação de informações confidenciais em processos relativos à aplicação privada do direito da concorrência da UE. As partes interessadas podem enviar as suas contribuições até 18 de outubro de 2019. A Diretiva relativa a ações de indemnização no domínio antitrust ajuda os cidadãos e as empresas a reclamar uma indemnização caso sejam vítimas de infrações às regras antitrust da UE. A este respeito, é provável que os tribunais nacionais recebam pedidos de divulgação de elementos de prova que contenham informações confidenciais. A Diretiva relativa a ações de indemnização no domínio antitrust obriga os Estados-Membros a assegurar que os tribunais nacionais têm o poder de ordenar a divulgação destes elementos de prova, caso sejam cumpridos vários critérios. Ao mesmo tempo, os Estados-Membros devem garantir que os tribunais nacionais dispõem de medidas eficazes para proteger essas informações confidenciais.
(Desenvolvimento em IP-19-4809)

 
Page 6 of 759